Image
Huiguita realiza sua defesa “Escorpião”: inesquecível

Por Daniel Setti

Vida de goleiro, como sabemos, não é fácil.

Por mais experientes e renomados que possam ser os donos das sagradas camisa 1 dos times de futebol, basta uma falha mais comprometedora e pronto: o mundo vem abaixo.

E, mesmo quando transmitem segurança e ganham a torcida, não faltará sempre quem apenas considere que “não estão fazendo mais do que sua obrigação”.

Mas estes honrosos guardiões, cujas vidas se justificam pelo ofício de impedir que as bolas ultrapassem a linha do gol, podem também se consagrar. Na vasta e dramática história do futebol, alguns se eternizaram ao protagonizar defesas impossíveis, inesperadas, inacreditáveis ou simplesmente espetaculares.

Para deixar o dia dos leitores um pouco mais leve, faço aqui minha homenagem aos arqueiros e relembro quatro “defesaças” transcendentais e inesquecíveis. Vale a pena conferir:

4-Grégory Coupet (Olympique Lyonnais, 2001)

A jogada tinha tudo para terminar em lambança, por causa de um infeliz recuo de cabeça do zagueiro do Lyonnais, que encobrira o goleiro Coupez. Mas, rápido e ágil como um felino, ele saltou de maneira acrobática para salvar o gol em cima da linha.

Só que ninguém menos que Rivaldo, então atacante do Barcelona – adversário dos franceses naquela noite no Camp Nou – vinha acompanhando o lance e cabeceou para concluir a jogada. Coupez, então, surgiu quase por um passe de mágica de dentro do gol para salvar sua equipe outra vez.

3-Gordon Banks (Seleção da Inglaterra, 1970)

Até hoje muita gente considera esta a melhor defesa da história. Após receber passe de Clodoaldo, Jairzinho avança pela ponta direita e centra para Pelé.

Cabeceador genial, o Rei testou firme e forte, de modo a que a bola quicasse no terreno antes de chegar a Gordon Banks, detentor das luvas inglesas naquela mítica Copa de 1970 no México. E Banks, sabe-se lá como, conseguiu evitar o gol.

2-Rodolfo Rodríguez (Santos, 1984)

O uruguaio que segurou a barra nos anos de seca do Santos fez também a série de defesas mais espantosas já vista em um gramado. Em plena Vila Belmiro, o tinhoso América de São José de Rio Preto promove um verdadeiro massacre à baliza do Peixe, obrigando o bigodudo a cinco intervenções. Três das quais, diga-se, chegam perto do milagre contra chutes à queima-roupa.

1-René Huigita (Seleção da Colômbia, 1995)

O futebol perderia 50% de sua graça sem a presença de guarda-metas folclóricos como René Higuita. Conhecido por sair jogando na linha desembestada e desautorizadamente, o irresponsável fanfarrão cabeludo comprometeu seus times em mais de uma ocasião – a mais notória ocorreu no mundial de 1990, quando, ao tentar fazer uma papagaiada, perdeu a bola para Roger Milla e a Colômbia foi eliminada por Camarões nas oitavas-de-final.

Mas qualquer palhaçada terminada em tragédia estrelada por Higuita — dentro das quatro linhas, que fique bem claro – foi redimida por sua defesa “Escorpião”. Brincando como se estivesse no quintal de sua casa, ele respondeu a um chute de Jamie Redknapp, da seleção inglesa, em amistoso realizado na catedral que é Wembley, dando uma espécie de meio salto mortal para frente e tocando a bola com os calcanhares.

O mundo nunca se recuperou disso.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + um =

19 Comentários

Felipe Xavier de Pontes Vidal em 12 de fevereiro de 2014

René Higuita o melhor goleiro de todos os tempos!!!!

Luiz Pereira em 18 de outubro de 2012

Setti, Vc tem razão quanto a ABL. Estão querendo fazer de zésarney seu presidente. Ser acadêmico nessas condições é não cuidar da prórpia biografia. abs

Gabriel em 18 de outubro de 2012

Sr. Setti, há um vídeo sensacional circulando há anos no YouTube com as possíveis dez melhores defesas de reflexo da história do futebol registradas. Vale a pena conferir, principalmente porque faltou, na sua lista, uma magnífica defesa do goleiro britânico David Seaman (ganhou a primeira posição no vídeo): . http://www.youtube.com/watch?v=hxYJ5DljpIQ Muito obrigado, caro Gabriel. Vou ver e, possivelmente, usar, citando como colaboração sua. O Seaman é o goleiraço inglês que tomou aquele fantástico gol do Ronaldinho na Copa de 2002, não? No tempo em que o Ronaldinho era o Ronaldinho. Um abração!

J.B.CRUZ em 17 de outubro de 2012

Grandes defesas,mas, a de RENÊ HIGÜITA é ALÉM DA IMAGINAÇÃO...

Daniel Peccini em 16 de outubro de 2012

Inter x Flamengo, escanteio para o Flamengo, cabeçada de Zico dentro da pequena area, defesa espetacular de Taffarel. Zico se dirigiu ao goleiro e o comprimentou. Boa lembrança! Para o futuro post com mais defesas sensacionais. Abração e obrigado.

osmar paixao em 16 de outubro de 2012

Sou branco, mas acho puro racismo o que o pt esta fazendo com a raça negra, achando que o negro não tem capacidade e dando cotas para ingressar na faculdade ou na administração pública, exemplo do ministro Joaquim Barbosa que com o propio suor conseguiu chegar a ministro. Pare de achar que o negro não tem capacidade e é burro.Se fosse negro, moveria uma ação contra a presidencia da República por danos morais.

Luiz Pereira em 14 de outubro de 2012

Setti, Só posso desejar que vc leve o projeto adiante. Aliás, o que tem de livro seu sendo aguardado!!! Assim vc vai virar uma vocação não concretizada para a ABL!!! hehehe. abs Obrigado por suas boas palavras, caro Luiz. Mas dessa água (ABL) não beberei, não. Por falta de livros e de vontade. Abração

Luiz Pereira em 14 de outubro de 2012

Setti, Mas é um projeto sensacional!!! E que merece ser levado adiante. O que eu ouço de abobrinha, gente dizendo que Pelé e cia. "não jogavam tão bem assim", é um absurdo! Massagistas, não vai dar. Infelizmente Mario Américo e Nocaute Jack já se foram. De jogadores, Everaldo, Felix e Fontana. Saldanha seria importante, mas tb já se foi. Mas o resto da turma está aí. E creio que se sentirão muito orgulhosos. Repense sua decisão. Valerá a pena!!! abs Os que já se foram, caro Luiz, têm parentes e amigos, e deixaram lembranças, muitas. Colegas, parentes e amigos sempre trazem consido informações preciosas. O problema é que não sei se quero passar três anos trabalhando num livro, qualquer que ele seja. O blog já me toma um grande tempo. Preciso uma brechinha pra aproveitar a vida... Abração

Luiz Pereira em 14 de outubro de 2012

Setti, A defesa de Banks foi a mais sensacional. Só Pelé, e isso aumenta o prestígio de sua defesa, poderia ter desferido aquele petardo aéreo! O lance aconteceu na mais mitológica Copa do Mundo - nunca haverá outra Copa como a 70, sorry pelos que não a viram. Banks frustrou um Rei - e continuou vivo, hehehe - isso não lhe vale a láurea? abs Vale, sim. E eu tinha planos de escrever um livro sobre os bastidores da Copa de 1970 -- a esmagadora maioria dos participantes, de todas as idades, ainda está viva --, entrevistando inclusive todos os reservas, massagistas, roupeiros, o árbrito da final, os jogadores da Itália, indo ao México para refazer a trajetória da seleção etc etc mas deixei pra trás... Abraço

Márcia Maria em 14 de outubro de 2012

Já sei quem Carlos Nascimento vai apontar, todas do Rogério Ceni de joelhos.

JT em 14 de outubro de 2012

Faltou neste rol a defesa de São Marcos que valeu uma Copa do Mundo em 2002, na final contra a Alemanha. O arqueiro defendeu um chute a queima roupa, fazendo uma ponte e triscando a bola com a ponta dos dedos, que foi bater na trave por causa disso. Se aquele bola entrasse, o Brasil não teria cabeça para vencer a partida. Fora que o Galvão Bueno tinha um jeito peculiar de gritar o nome de Marcos: primeiro ele engatava uma primeira até estourar as RPMs (Maaaaaaaaarrrrrr...) e depois pisava na embreagem (cooooooooossssssss...). Isso já faz dez anos, caramba. Que saudades do Marcos e do Palestra na primeira divisão. Por favor Setti, não tire sarro dos palmeirenses quando a gente cair de novo. Você tem razão. Vou pedir para o Daniel procurar essa defesa no YouTube para amliar a lista. E não vou tirar o sarro, não. Sou um raro caso de corintiano que não tem o verdadeiro ódio ao Palmeiras que se observa no dia-a-dia, porque se trata do time de meu falecido Pai. Abração

carlos nascimento em 14 de outubro de 2012

A defesa de GORDON BANKS em minha opinião talvez tenha sido a melhor defesa de todas, explico: - o grau de dificuldade era absurdo, o Rei um exímio cabeceador - reparem que ele cabeceava com os olhos aberto - portanto, antevia os ângulos geométricos, Gordon estava meio caído na trave, num salto elástico em fração de segundos dá um tapa na bola, desviando para escanteio e salvando o English Team de tomar o gol, o apurado reflexo e a elasticidade de Gordon foi algo quase sobrenatural. Perguntem à qualquer goleiro em atividade, sobre o grau de dificuldade dessa assimetria -reflexo+elasticidade - ai irão me dar razão. Aliás, "dona Fifa" bem que poderia fazer um memorial em homenagem a esse momento mágico do futebol. abração Carlos Nascimento. p.s. Daniel vc deveria ser bem mais constante com essas pérolas por aqui, nota dez.

alvaro em 14 de outubro de 2012

Manga substituiu o Gilmar no jogo contra Portugal na Inglaterra em 1966. Perdemos por 3 a 1, mas não sei se ele frangou. Foi a única partida do Manga em copas. Mas a defesa do Banks é imbatível, deu até raiva.

Antunes em 13 de outubro de 2012

Votaria na defesa da cabeçada de Oscar, ao final do segundo tempo contra o Brasil em 1982, quando Dino Zoff salvou a Itália de um empate e da prorrogação, eliminando o Brasil... Parece que aquele jogo estava pré-destinado... Paulo Rossi em um dia de gênio, e esse goleiro!!! Rapaz, vou pedir pro Daniel, meu filho, buscar essa defesa e incluí-la no post, para republicação com um número maior de defesas. Eu estava lá, no extingo estádio de Sarriá, em Barcelona, porque era então chefe da pequena e aguerrida equipe de VEJA que cobriu a Copa de 1982. (Eu sairia da revista em 1983 para muitos outros voos. Só voltei para fazer o blog em 2010). Como estive lá, e quase morri do coração com essa defesa do Zoff na undécima hora, não posso, mesmo, esquecer. Qualquer hora vou fazer um post para a seção "Bytes de Memória" sobre aquela Copa. Abraços

Rone em 13 de outubro de 2012

Sem duvidas nenhuma a do Huiguita em um pais dominado pelos traficantes não sei se foi no pais dele ou outro ai do lado que mataram um tal de Escobar jogadorde defesa por um gol contra em um jogo de copa do mundo. Tem que ter coragem vai que ele tomava o gol....

Marco em 13 de outubro de 2012

Dom Setti: Daniel, se permite, vou tentar te passar, quem era o Manga. http://www.youtube.com/watch?v=BGr6yZsMglc Abs.

Marco em 13 de outubro de 2012

Dom Setti: É verdade em relação a seleção e o Zagallo , mas aí ele foi, para se não me engano o Nacional e foi para lá e virou o maior ídolo do time e foi tb artilheiro, ele q começou por lá , cobrança de Pênaltis, inclusive ganhou disparado a condição d melhor goleiro do Uruguai, em cima do nada menos nada mais,Mazurkievcz q era o goleiro da seleção Uruguaia de 66,70 e 74. E era o goleiro do João Saldanha, para 70. Abs.

Luís Roberto SBO em 13 de outubro de 2012

O goleiro da Colômbia-Higuita é espetacular e é ousado, dificilmente vai ter outro goleiro com a coragem dele.

Marco em 13 de outubro de 2012

Dom Setti: Vou perdoar o Daniel, pq acho q ele nem era nascido, mas tu q é uma verdadeira enciclopédia do futebol, acho difícil como tu não falou para ele do maior goleiro do mundo, q tenho certeza q tu viu jogar. Daniel, vou te apresentar o maior goleiro da história do futebol, e o maior duelo q ele encarou, com o maior chutador tb da história, tu vai no You tube e coloca Nelinho x Manga. Final Inter x Cruzeiro em 1975. Imperdoável Dom Setti, agora quem lança o desafio sou eu, para o teu pai, me diga um goleiro melhor q o Manguita Fenômeno. Q tu viu jogar? Não me venha q ele era louco. Risos. Abs. Grande Marco, ele era bom mas tomava muito frango!! Inclusive pela seleção, que ajudou a afundar na Copa de.... Agora não me lembro, veja só a idade! Abração

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI