Image
A galinha: poderosa para a Mercedes, devorada pela Jaguar

Grandes marcas às vezes se divertem rebatendo anúncios da concorrência. Foi o que aconteceu entre as montadoras Mercedes-Benz e Jaguar, duas gigantes no mercado de carros luxuosos.

A alemã Mercedes-Benz produziu um comercial em que foi filmada uma galinha sendo mexida da direita para a esquerda e de cima para baixo. Para mostrar como os carros da marca são estáveis, a cabeça do animal continuava imóvel apesar de toda a movimentação de seu corpo, no que se chamou de “controle mágico do corpo”.

Provocativa, a concorrente, tradicional marca britânica há seis anos sob propriedade da indiana Tata Motors, preparou seu próprio anúncio também com destaque para uma galinha. Depois de alguns segundos, no entanto, ela é devorada por um jaguar faminto.

Após a imagem mostrar apenas o felino e algumas penas voando, lê-se a frase: “Controle mágico do corpo? Nós preferimos reflexos felinos.”

Xeque-mate, Jaguar.

Eis os dois comerciais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 13 =

9 Comentários

Natalina em 30 de junho de 2014

Muito interessante essa briga das empresas....representada por esses animais, o jaguar é veloz . É uma das feras terrestres mais temida e ele era admiranso pelos Maias, Incas e Astecas. Admiro também o jaguar....

JJ em 02 de maio de 2014

JT, Também tenho como marca favorita o Alfa Romeo. Ano passado entrei num sorteio para ganhar o 4C. Alias, o 4C foi eleito o carro mais bonito de 2013 pelo site Eurosport.

André em 30 de abril de 2014

E "nóis" aqui no Brasil com uma mediocridade nos comerciais de televisão. Parabéns as agências das duas montadoras pela criatividade.

Luis em 27 de abril de 2014

A Jaguar está sempre brincando com a Mercedes. Há algum tempo, a Jaguar publicou um anúncio de revista aqui no Brasil, de página dupla: na página da esquerda, um Mercedes e, em cima, a palavra "Rico"; na página da direita, um Jaguar e, em cima, a palavra "Chique". Divertido..

Dulce Regina em 25 de abril de 2014

Caro JT-25/04/14-11.07H- que belo comentário ! Obrigada por tão significativa explicação. Dulce Regina

JT em 25 de abril de 2014

Caro Setti, Entre as grandes marcas, a minha favorita é a Alfa Romeo. Certa vez escrevi um artigo sobre ela para uma pequena revista de Santa Catarina. Permita-me compartilhar ao menos a introdução do texto: "Busque na memória pelos logotipos das grandes marcas de automóveis e você verá que a maioria deles sintetiza elementos geométricos mesclados com as iniciais do nome da empresa. Honrosa exceção é feita para a Porsche, que ostenta o brasão de Stuttgart - cidade alemã onde é sediada - nos capôs de seus carros. A Ferrari tem o famoso cavalinho rampante, mas nada é mais bonito e carregado de significados históricos e simbólicos do que o escudo da Alfa Romeo. A explicação histórica também remete para uma cidade, Milano no norte da Itália, onde a Alfa se originou. A cruz vermelha com fundo branco refere-se a Santo Ambrosio, e foi usada pela aristocracia milanesa unida contra a tirania, durante guerra civil encerrada no século XI. A serpente, na outra metade da circunferência, veio do escudo da Família Visconti, uma das fundadoras da “Anónima Lombarda Fabrica Automobili” – cujos ancestrais foram protagonistas no tempo das cruzadas. O aro azul que cerca a cruz e a serpente ganhou o sobrenome de Nicola Romeo, quando o engenheiro se tornou o acionista majoritário da empresa durante a Primeira Guerra Mundial. Os contornos dourados vieram para registrar as primeiras vitórias nas corridas de Grand Prix, que antes do surgimento da Fórmula 1, representavam o topo do automobilismo mundial. Ocorre que tanto a cruz como a serpente são imagens muito fortes para ficarem restritas a uma explicação histórica local. A cruz é provavelmente o símbolo mais poderoso de toda a cultura ocidental. A própria História é dividida em duas por causa de uma crucificação, que antes representava a condenação mais vexatória que se poderia aplicar a uma pessoa, mas por causa de um homem iluminado passou a significar paixão, esperança e redenção. Em primitivas crenças do Oriente Médio, a serpente era vista como a guardiã da árvore do conhecimento do bem e do mal. Ela ficou associada à tentação na queda do homem do Paraíso, quando tais tradições orais foram transcritas para o Antigo Testamento. Estamos tratando de mitologia num escudo de automóvel? Sim. A mitologia nos ajuda a compreender nossa própria natureza humana. Todos nós podemos ser representados, enquanto indivíduos, por um círculo unitário que guarda valores positivos e negativos. Tanto o bem quanto o mal está dentro da gente. Carros são objetos inanimados. Eles dependem da vontade de seres humanos para serem conduzidos. Quando guiados com atenção, os carros são muito úteis, mas quando dirigidos com displicência, as consequências podem ser trágicas. E quando um carro ostenta um escudo da Alfa Romeo, vemos que a máquina está mais humanizada, e por isso ela é mais apaixonante do que as demais. Mitologia." Abraços! JT

Dulce Regina em 24 de abril de 2014

Sensacional !!! E rir, num final de dia tumultuado de más notícias , valeu muito. Obrigada Setti, vamos ter uma noite reconfortante. Amanhã será outro dia...

Nélio em 24 de abril de 2014

Dez! Muito bom!

Eduardo ramos godinho em 24 de abril de 2014

Muito boas propagandas. Realmente a Jaguar deu um cheque-mate na Mercedes Benz. Morri de rir.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI