Amigos, o leitor Carlos Nascimento me cobrou muito falar do Santos Futebol Clube, e ao fazê-lo não cumpro mais do que uma obrigação.

O destino andou bem quando colocou o Santos vencedor da Copa Libertadores, apto, portanto, a enfrentar o Barcelona — o melhor time do mundo — se ambos chegarem, como se imagina, à final do Mundial de Clubes da FIFA em Tóquio, no final do ano.

Isso por várias razões. Mas a que mais me comove é esta: a imprensa europeia, e em especial a espanhola, esnoba de maneira espantosa o futebol brasileiro, e também o argentino, que são os dois maiores celeiros de craques do mundo. Os diferentes campeonatos europeus, que transcorrem em estádios fabulosos, são extremamente bem organizados, muito disputados e merecedores de torcidas arrebatadas e fanáticas, não seriam o que são sem os craques extraordinários que vêm de países emergentes — principalmente Brasil e Argentina — e países pobres.

E o Mundial de Clubes será uma oportunidade para que essa mídia em geral arrogante e eurocêntrica, acostumada a só olhar para o próprio umbigo, “descubra” que existe um time chamado Santos, que já foi de Pelé, e que hoje mostra o melhor futebol que se joga no Brasil, graças à molecada que tem à frente Neymar e Ganso.

Mas o trajeto até o Japão não será fácil para o Santos, cuja diretoria pretende reforçar a equipe já pensando no Barcelona do argentino Messi e que terá, além desse esforço, de realizar a proeza de resistir ao assédio europeu para contratar seus dois principais jovens jogadores.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + 7 =

12 Comentários

Marco em 29 de junho de 2011

Amigo Setti e Carlos Nascimento: Vc sabe q o termo provocação é carinhoso, gosto muito do teu estilo de escrever, um estilo de elevação no bom sentido.Nós gaúchos por natureza somos debatedores, os programas de Rádio e TV de maior audiência aqui são de debates. Existe uma máxima q diz a vida não só é a arte do encontro, é tbm a arte da despedida. Nós gaúchos preferimos a arte de debater sem despedida. Uma vez num progama conhecido aqui o Sala de Redação q essa semana fez 40 anos, q participa a nata da mídia local e o Chico Anísio quando vem ao Estado, inclusive o A. Nunes já participou. O Ibsen Pinheiro começou sua carreira política no Programa e no Inter. Ruy Carlos Osterman q está se aposentando e outros Sessentões q ainda partipam como nossos amigos de infância. Paulo Sant'ana amigo especial do A. Nunes, fez uma frase Genial, se o programa era combinado : "Dou meu testemunho q todas as centenas de brigas, algumas terríveis ( Ibsen Pinheiro deu um soco em Rubens Hofmeister), entre nós, foram verdadeiras, não foram fingidas. Assim como dou meu testemunho q todas as necessárias reconciliações q houve entre nós foram falsas e fingidas ". "O sucesso do sala é pq são parelhas as inteligências dos debatedores. Se há alguma diferença é no talento mas é pequena e quase imperceptível ". É por isso q gosto de saber a tua opinião C. Nascimento. E quando vires ao RS tanto na Capital como na serra será muito bem recebido por mim, se resolveres vir no Verão existe uma praia chamada Torres q não deve quase nada a SC.Quanto eu achar q tu era São Paulino, se deveu ao fato de Vc, no debate com o Setti sobre fidelidade de Time no ultimo brasileirão, se posicionar a favor da torcida do São Paulo. Abração.

carlos nascimento em 29 de junho de 2011

Caro Mauro, Imagino que vc deva ser gaúcho, tenho alguns amigos por ai, já visitei a Serra, é um lugar maravilhoso, com um povo acolhedor e solidário, são apaixonados pelo futebol, radicais e extremistas, estão divididos pelas cores, uns "vermelhos", outros "azuis", nada diminui o conjunto de seus valores, vc nunca irá me provocar, apenas divergiremos em algumas situações. Em sua atenção, vamos lá: - Onde vc leu que eu tivesse declarado ser Tricolor Paulista, não sou, sou SANTISTA, agora, aprecio o bom futebol, em várias ocasiões me manifesto, aplaudindo os desempenhos, seja do São Paulo, seja de outros Clubes que assim possam merecer, eu ser igual ao vento ...injustiça aeólica, não tenho parentesco com o Chico Lang, êsse sim, o maior biruta de aeroporto. Respeito a paixão dos torcedores Corintianos, apesar de não nutrir nenhuma simpatia por seu atual Presidente, álias, tenho declarado constantemente por aqui, êle não está á altura de presidir a Instituição chamada Corinthians, sugiro até um possivel candidato, o querido W.O. -Whasginton Olivetto - êsse sim, iria transformar o Clube em uma verdadeira Instituição. - Lucas, o menino prodigio, é um atacante nato, moderno, o futebol atual mudou, o camisa 9 que fica parado dentro da área está "morto", está quase em extinção, vaticino: o investimento do Corinthians no Adriano é uma furada, o tipo de jogador - "pesadão" - está com os dias contados. Se fizermos uma analogia com o basquete, Lucas seria um atacante - ala - aquele que pega a bola ou atira da linha de três ou corta para infiltrações em direção ao aro. Já Adriano, seria um pivô, só que os espaços são abissais, totalmente diferentes. Lucas se encaixa em qualquer time moderno, no Barcelona êle executaria a mesma função que Pedro e Villa estão fazendo. Meia só se for na cabeça de Mano "retranca" Menezes. - Ivete Sangalo,veja há gostos para tudo, uns iriam preferir a Sakira, no caso RS, rs.rs.... confesso, não sou fã da música dela, admiro sua performance, vamos pular essa parte. - Bolivia - vc está de brincadeira, acidentes de percursos acontecem, o Campeão sairá dos 4 que seguem: Brasil, Argentina, Uruguai e Chile. Escolha. - Campeonato brasileiro, apenas uma certeza,o campeão NÃO será paulista, apesar do bairrismo da imprensa, acredito que para o bem do futebol, essa turma precisa evoluir, muito...... Abraços. Carlos Nascimento.

carlos nascimento em 28 de junho de 2011

Caro Ricardo, Veja o que busquei propor: o saudoso Mestre Armando Nogueira, em sua nova morada - plano superior - continua "Botafoguense", outro grande Mestre - Augusto Nunes - graças ao Senhor do Universo, permanece entre nós, é "Palmeirense", ambos torcedores apaixonados, entretanto, nunca se furtaram em apreciar e reconhecer a vitória do bom futebol, mesmo que os vencedores fossem os tradicionais adversários, quantas crônicas do Armando Nogueira nos deixavam extasiados, o próprio AN, segue essa mesma linha, acabou de postar em sua Coluna, maravilhoso post sobre a magia do Santos da era Pelé, no sentido grandioso do que deve ser o esporte. Não ocorreu cobrança de minha parte, longe disso, causou-me estranheza o silêncio e a omissão da notícia, sabendo ser o jornalista um caráter humano de grande sensibilidade, deixar passar essa grande oportunidade de magia esportiva. Vc deve ter suas razões, não creio que a sua paixão pelo Corinthians seja tão extrema, ao ponto de cometer tamanho sacrilégio. Respeitosamente. Carlos Nascimento. Caro Carlos, você tem toda razão em sua última frase. E estarei torcendo pelo Santos na final do Mundial de Clubes, em nome não de ser um time brasileiro -- que isso é bobagem, torcedores torcem por seus times --, mas em nome do bom futebol. Abração

JT em 28 de junho de 2011

Prezada Patricia M. O Barcelona nunca jogaria na Vila Belmiro, pois deste modo todos veriam que "o rei está nú". Para ganhar do Santos na Vila, só o Palmeiras mesmo. Abraços!

Marco em 28 de junho de 2011

Amigo Setti: Volto a provocar o Carlos Nascimento, o Lucas do São Paulo é atacante ou meia ? O Mano acha q é meia, na minha opinião ele é atacante, existe uma diferença de um meia ocupar e fazer uma função e a outra de preencher o espaço. O q tu acha, meu amigo ? Outra pergunta estamos bem representado na abertura da Cop América, com o show da Ivete Sangallo, na sexta? O q tu acha da equipe da Bolívia, se tem chance do Bi ? Abração.

patricia m. em 28 de junho de 2011

JT, logicamente o Barça nunca jogaria na Vila Belmiro. Veja bem, mesmo no Pacaembu você reparou a confusão que foi? Não deram espaço suficiente à torcida do Peñarol, que coisa mais ridícula e desorganizada... Eu só torço para o Santos porque detesto o Barcelona acima de tudo. Se fosse qualquer outro time europeu, bem, aí a coisa mudaria de figura.

JT em 28 de junho de 2011

Não assisto jogos internacionais. O único time que acompanho, bem de longe, na Europa, é o Cittadella, que joga a segunda divisão italiana e já estampou meu sobrenome na camisa. Mesmo assim, só por resultados de tabela, na Internet. Os europeus boicotam sistematicamente o Mundial Interclubes. Quando ganham, não comemoram - justamente para não ter que se explicarem quando perdem. Como palmeirense, fiquei muito decepcionado com a derrota do Palestra para o Manchester United, daquele pernóstico do David Beque-de-Fazenda-Ham. O Marcos havia "caçado borboleta" no único gol da partida. Acabou o jogo arrasado. E os ingleses? Demonstraram sua fleuma petulante, mais uma vez... O troco veio na Copa de 2002, quando o Marcos pegou tudo e o Brasil tirou a Inglaterra do certame, na única coisa relevante que o Ronaldinho Gaúcho fez pela seleção, ao entortar a coluna do goleiro deles - o cara deve estar com torcicolo até hoje, fora a dor de cotovelo. Que golaço de falta! Neste ano vou torcer para o Santos, um time com pouca rejeição entre os demais - já repararam nisso? Meu sogro é santista, então tudo fica em casa. Mas para mim, a final tinha que ser em dois jogos: um em Barcelona e outro em Santos. Já imaginaram o Barcelona na Vila Belmiro? É lógico que eles nunca topariam jogar aqui...

Petrus em 27 de junho de 2011

Creio que a sua pessoa foi infeliz nesta reportagem, veja bem, os Europeus tem um campeonato de deixar qualquer pessoa de queixo caído, estádios sem precedentes, uma torcida educada fora a sua organização exemplar, convenhamos que um campeonato é composto por várias coisas, lógico que o jogo vem em primeiro lugar, mas não se esqueça que o estádio, a torcida, segurança e a organização também fazem parte do evento Fora que a Libertadores perde para a Eurocopa, pois na Libertadores só da Brasil, os times dos demais países são fracos, principalmente quando comparados ao Real Madrid, Barcelona, Milan, Chelsea, Manchester entre outros

Marco em 27 de junho de 2011

Amigo Setti: Em termos de mídia a Espanhola e a Argentina, nínguem consegue dar melhores Manchetes q eles, são incríveis ! O Olé é excepcional ! E o Ríver caiu, o Amigo Carlos Nascimento já arrumou um 2 Time para torcer depois de perder a invencibilidade, ele é cfe o Vento ou tem outro Carlos Nascimento torcedor do Paulista Tricolor, ele tem q nos esclarecer ? E o Campeonato Brasileiro esta em aberto. E o Oscar do Inter está muito próximo do Barça. Não resta dúvida q vai ser uma Grande decisão. O Inter com humildade já conseguiu essa façanha. Mas vou te pedir um favor pela tua inflência, pede para acabar com esses hinos antes dos jogos. É muita banalização nacionalista, deixa só para decisões ou jogos importantes ! Abs. O Hino Nacional antes dos jogos do campeonato paulista foi uma palhaçada aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado. Quer dizer que no Rio Grande também tem? Meu Deus do céu. E, caro Marco, não tenho influência alguma para acabar com isso. Quem me dera... Um abração

em 27 de junho de 2011

Ah, Setti. Acho que a patricia m. ganhou e vc perdeu. Os europeus assistem o futebol europeu porque inclui os times locais e os times de ponta do mundo. Os brasileiros assistem futebol nacional porque é o que tem os times locais e o europeu porque lá estão os times de ponta. Os times europeus é que ficam de olho nos times da América do Sul para contratar os melhores e fazer um espetáculo para os europeus.

patricia m. em 27 de junho de 2011

Setti, outra coisa que me faz rir: brasileiro acha mesmo que é o dono do pedaço se o assunto for futebol, não é? Isso mesmo depois da nossa atuação medíocre na última copa... Já os espanhóis, bem os espanhóis ganharam a última copa!!! Tem todos os motivos do mundo para estarem orgulhosos do feito...

patricia m. em 27 de junho de 2011

Acho que você exagerou nessa... A "mídia" européia mostra o que o sujeito mediano europeu quer ver, e ele quer ver os times dele jogando. Ele não se interessa por Santos, River Plate nem pelo Ceará. Sabe como é. Brasileiro mediano também não se interessa pelo Man United, Atletico de Bilbao ou Bayern Leverkusen. Você tem tv a cabo, mora na Espanha e é um cara instruído. Vai perguntar ao Ze da Esquina o que ele acha do David Beckham... Eu garanto a você que o brasileiro que gosta de futebol conhece e acompanha muitíssimo mais o futebol europeu do que vice-versa. Vários canais nossos transmitem campeonatos europeus, nossas revistas esportivas, especialmente Placar e a revista da ESPN, têm grande cobertura do futebol de outros países, nossos jornais não fazem feio e o site Trivela.com é especializado em futebol estrangeiro e tem grande sucesso. A emissora ESPN leva ao ar programas especiais sobre diferentes campeonatos estrangeiros etc etc. Patrícia, esta você perdeu. Não há nem termo de comparação. Não faça pouco do torcedor brasileiro, não... E eu não moro na Espanha, moro no Brasil, e do Brasil acompanho 3 campeonatos estrangeiros. Abraços

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI