João Ubaldo Ribeiro

O escritor João Ubaldo Ribeiro, que a maioria de vocês, se não todos, conhece, é golpista? É um reacionário raivoso? É um troglodita político?

Qualquer pessoa de bom sendo que leia o João Ubaldo ou assista a suas entrevistas ou, mais ainda, tenha a sorte de conhecê-lo pessoalmente, sabe que não, que ele está a anos-luz disso.

Pois bem, vejam este trecho de seu artigo no Estadão de hoje, certamente escrito antes de o presidente Lula recuar em seus ataques à imprensa em seu discurso de Porto Alegre (leia o post abaixo):

“Um dos recentes pronunciamentos do presidente Lula sobre a imprensa mostrava uma animosidade truculenta comparável à de seu aliado Fernando Collor.

A imprensa é vista como inimiga da nação, praticamente a responsável por tudo o que de errado acontece entre nós. Os mais velhos já viram tudo isso. Os jornalistas mais velhos já viveram tudo isso. E tudo, afinal, passou, assim como também passará o que estamos presenciando agora.

As voltas que o mundo dá são tão prodigiosas que o presidente Lula, já ex-presidente, logo tornará a gostar da imprensa. E a precisar dela, como já precisou, pois que, no sábio dizer de nossos maiores, dor de barriga não dá uma vez só”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + onze =

Nenhum comentário

Vítor em 27 de setembro de 2010

A mídia já teve bons papéis durante os anos, mas é inegável que a história já nos mostrou o quanto manipulados já fomos e podemos estar sendo por instituições como a Rede Globo , por exemplo. Não sou alguém que acredita em conspirações e etc. mas com certeza, é inegável a influência da grande imprensa em busca de suas vontades e influenciando e tentando manipular o povo.

Indignada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! em 27 de setembro de 2010

O João Ubaldo é um grande escritor e muito inteligente. Quem não precisa de verba de governo e é independente, tem sua própria opinião e tem todo o direito de externá-la. Afinal, ainda estamos em uma democracia. Não sei até quando?

Marcos em 26 de setembro de 2010

Para os honestos e sérios, deve ser mesmo um martírio mental tentar entender a própria opinião sobre descalabros, e ter de moldá-la, em uma auto patrulha para fazê-la "independente". Só pode mesmo ficar confuso, até pela dificuldade de uns e outros entenderem - afinal, independente do quê..?

Siará Grande em 26 de setembro de 2010

Caro Ricardo, estas acusações dos petistas, e a única coisa que os petistas sabem fazer é acusar ou dizer que não sabem de nada, é uma tática pra desviar o foco da roubalheira na Casa Civil do Presidente Lulla, que já foi comandada por gigantes morais e intellectuais como o Zé Dirceu, a PhD Dilma Russeffe, a Dra. Erenice Guerra e agora o Dr. Carlos Eduardo Esteves Lima. Com todo o respeito, discutir se a imprensa é golpista é entrar no jogo dos petistas. O que a imprens tem de fazer é informar, não se desculpar.

Marcelo em 26 de setembro de 2010

Eu acho. É um velho conservador, com um único livro que possa ser considerado razoável, onde se pretende Gilberto Freyre, mas não passa de João IUbaldo. De Itaparica, (ainda anda por lá?, nos últimos anos alinhou-se com o que de mais atrasado temos em nossa imprensa e suas opiniões sempre esbarraram no reacionarismo-sensual-afro-nordestino-brasileiro. No futuro, como vc diz, o Lula poderá precisar da imprensa, mas será que ela terá sobrevivido até lá? Ou as cassandras do reacionarismo acadiano que ocupam as redações continuarão a espantar os leitores, como ocorre atualmente?

mafalda em 26 de setembro de 2010

Caro Ricardo, não consigo ver uma clareza de opinião nas suas colocações. Uma hora vc acha que nem Lula acredita na imprensa golpista, outra hora coloca o artigo do Ubaldo. Porque não diz logo que Lula e incoerente e sempre diz o que for melhor para ele a cada momento. Eu entedo que vc queira apresentar opinião independente, mas independente do que? De lógica? Cara Mafalda, Ressaltei no post que o texto do João Ubaldo foi com certeza escrito antes do discurso do presidente Lula em Porto Alegre. Minha opinião independente não impede que eu traga para o blog, como já fiz e farei muitas vezes, a opinião de outras pessoas. Abraços, volte sempre. Ricardo Setti

Marco em 26 de setembro de 2010

Caro R. Setti: Tanto políticos,artistas,atletas e etc.. Tem espaço gratuito na Imprensa sem pagar um tostão de publicidade. Tanto faz quando é na Boa ou na Ruim! Agora acho q quem não gosta de imprensa,talvez é quem queira viver na obscuridade,Homem público tem q saber conviver com isso !

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI