VOTE NA NOSSA ENQUETE: Você acha que o técnico Felipão ainda dá jeito na Seleção Brasileira até o início da Copa das Confederações, em junho?

Felipão, durante coletiva antes da partida contra a Rússia em Londres (Foto: Glyn Kirk / AFP)

O técnico Felipão antes da partida contra a Rússia, em Londres (Foto: Glyn Kirk / AFP)

A nossa nova enquete já está no ar. Queremos saber se vocês acham que Felipão, o técnico do pentacampeonato, em 2002, terá tempo de deixar no ponto a Seleção Brasileira que disputará a Copa das Confederações, estreando contra o Japão, no dia 15 de junho, em Brasília.

Desde que Felipão voltou ao comando da Seleção, há quatro meses, o Brasil disputou três amistosos contra adversários difíceis, perdendo para a Inglaterra, em Londres, por 2 a 1, e empatando com a Itália (2 a 2) em Genebra e com a Rússia (1 a a), novamente em Londres.

Antes da Copa das Confederações, a Seleção ainda enfrentará, em amistosos, a Bolívia, em Santa Cruz de la Sierra e, depois, em diferentes cidades brasileiras, o Chile, a Inglaterra e a França.

Até lá, vocês acham que o técnico terá tempo de acertar a mão para a competição? Votem à direita do blog, no local destinado às enquetes.

Se quiserem, comentem aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × dois =

25 Comentários

  • Osvaldo Aires Bade Comentários Bem Roubados na "Socialização" - Estou entre os 80 milhões

    Off Topic
    SERRA RECEBE INDENIZAÇÃO POR “OPORTUNISMO ELEITORAL” DO LIVRO “A PRIVATARIA TUCANA”
    http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2013/03/serra-recebe-indenizacao-por.html
    .
    Abraço a Todos
    Osvaldo Aires

  • carlos nascimento

    Ricardo,
    Olho para Felipão e logo aparece o retrato da atual situação do Palmeiras, como não associar esses pensamentos, Scolari “traumatizou” o Palestra, foram feitas apostas grandiosas em sua contratação, ele largou o barco no meio do maremoto, deixando a nau afundar na trágica ilha da segunda divisão.
    O desastre contra o Mirassol, é reflexo dessa tormenta, que teima em não passar, fico imaginando o sofrimento de um Julinho Botelho lá no céu, bem como a de Augusto Nunes e Ademir da Guia aqui na terra, ao serem surpreendidos por esses vexames.
    Ele terá de prestar contas desse naufrágio, igualmente aquele comandante italiano que deixou seu barco a deriva, tendo sofrido uma reprimenda do Comandante da Marinha, exigindo o seu retorno à bordo.
    Na estranha era de mediocridade, os medíocres são premiados, ao invés de pagar pelos erros cometidos por ocasião de sua passagem pelo Palestra, recebe o prêmio máximo, o de dirigir a nossa Seleção. Portanto, caro RS, o destino de nosso escrete está selado, ninguém ganha nada sem ter merecimento.
    É questão só de tempo, quem afirma isso é um velho Mestre……CONFÚCIO.

  • Kildare

    Felipão no comando da seleção passa aquela impressão de uma roupa que já lhe serviu, mas hoje está folgada demais..
    Acho que tinha que trocar, e logo, para o eventual homem certo no lugar certo tenha tempo de algo. Se não mudar, morreremos nas quartas, talvez nas semifinais.

  • fpenin

    Peremptoriamente: NÃO. Por motivos simples: erro de passes em demasia, estratégia de jogo equivocada e, para falar o que interessa,…já não somos mais os melhores.O acerto de passes da seleção espanhola chega a ser irritante…

  • Marilene L'Abbate - San Paolo

    Confiemos no Felipão, queridos. Compensará a torcida!

  • RONALDE

    Deve jogar bem mas não ganha o campeonato.

  • Márcia Maria

    Os juizes sempre foram amigo da seleção, ainda mais com interesse da Fifa, na Copa. Imagina se a seleção não for uma atração na Copa. O prejuízo q seria. Essa Copa do mundo…

  • neil ferreira

    SR EDITOR:
    O “escrete é a Pátria de chuteiras”, escreveu Nelson Rodrigues, o guru de todos nós.Não é.
    Minha opinião: Felipão só dá jeito se houver controle da mídia. Sem controle, a mídia sente-se livre para opinar e revelar que Felipão e sua seleção não são de anda.
    Minha pergunta: cadê a enquete para eu responder ?

    A enquete, caro Neil, está na home page, à direita desta coluna.
    Um abração

  • Arilson Sartorato

    O Felipão já está ultrapassado,com as mesmas táticas,vejam o exemplo do técnico da alemanhã, que num esquema sem centroavante, a seleção fez 07 gol em duas partidas pelas eliminatórias européias.
    *** *** *** *** ***** ***** ***** *******

  • Marcos

    SETTI, o nosso futebol está falido. Não temos mais grandes jogadores e os esquemas táticos adotados pelo nosso futebol estão demodèe e são ineficientes diante de grandes equipes. O drama é de tal ordem que pretendem, a partir do grande marketing envolvido, gente que ganha dinheiro, mais uma vez, ressucitar o Ronaldinho Gaucho, também conhecido como firuleiro improdutivo. Aliás, Ronaldinho não joga grande coisa desde o longínguo ano de 2006, quando teve participação ridícula na copa (vejam os tapes) e, em 2008, participação abaixo da crítica nas olímpiadas vencida pela Argentina de Messi, e após frequentar intensamente os bancos do Barcelona ( no final daquele ciclo) e do Milan. Foi posto para correr na Europa, palco onde desfilam os grandes craques e as grandes equipes. Não querem Ronaldinho lá nem de graça! Aqui, contam com o enganador para, mais uma vez, perdermos títulos!

  • Nana

    Melhor que PAC
    Melhor que Minha Casa, Minha Vida…destruída
    Melhor que Brasil Carinhoso…com o bolso dos petralhas
    Melhor que diária seca
    Melhor que Westin Excelsior em Roma, a 2.500 euros/7.700 reais
    É o “Conheça o Mundo com o Presidente” (sacação de Augusto Nunes)
    http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/o-pais-quer-saber/rose-foi-a-unica-inscrita-no-programa-conheca-o-mundo-com-o-presidente/
    Quem será a Rosemary de Dilma?
    Se houver, é claro.

  • Ricardo Goerl

    Caro Setti
    Felipão esta para o futebol brasileiro assim como a Arca da Aliança estava para os judeus no Velho Testamento.Ia a frente para a batalha, para animá-los.
    Abraços

  • roberto

    O Felipão é um técnico ultrapassado,além de ter em mãos o pior “pé de obra” de nossa história recente. O Rio por exemplo,não tem mais estádios,mas em compensação também não tem futebol!
    Creio sinceramente que nossa Seleção não passe das oitavas de final na Copa.
    Muita grana gasta por nada.

  • Edu

    É mais fácil Neymar parar de se jogar no chão.

  • Marco

    D. Setti, Saúdo a participação do nosso Carlos Nascimento,grande colaborador esportivo do Blog. Aliás ,já escalei meu time base para 2014. Estou curioso para saber o dele, o pessoal da Fox , tb andou escalando. Do meu time, só o Tiago silva, Marcelo, Paulinho, Kaká e Neymar. Q tb foi sugerido. Mas votei, nos fatores. Pq tecnicamente,na minha seleção, não jogam, Júlio César,Daniel Alves, David Luiz e outros menos cotados. No meu time Ronaldinho Gaúcho , Cássio e Pato. Tem lugar cativo.
    Abs.

    Se o Maicon estiver bem, eu o colocaria no lugar do Dani Alves, que não joga 40% do que faz no Barça. Tenho dúvidas sobre o Ronaldinho Gaúcho. Como torcedor, ainda não tenho na cabeça um time formado. Será que o Felipão já tem?
    Abraço

  • carlos nascimento

    Caro Marco,
    Acredito que o futebol brasileiro vive uma crise de IDENTIDADE, fruto gerado pelas péssimas gestões das últimas duas décadas, o senhor que vive exilado em Miami – rt – é o grande responsável por esse declínio, ele tanto fez que acabou deixando a “galinha dos ovos de ouro” – Seleção – estéril, sem brilho, não sem antes ficar milionário.
    Como criar sintonia – ter prazer em torcer pela Seleção – se temos consciência do lixo escondido nos bastidores, conhecemos os parasitas que de fato se locupletam dos lucros em benefício próprio, num rodizio entre os seus, perpetuando-se de tal forma, que o péssimo vira trágico, marin e sua trupe são coisas pavorosas.
    A seleção não consegue se harmonizar, claro, está capenga, é necessário uma faxina nos conceitos e métodos vigentes, com esse modus operandi em vigor, a tendência é descermos ladeira abaixo,veja o atual ranking, portanto, antes de discutirmos quem seja o melhor técnico, o esquema tático perfeito, a melhor formação, temos de repensar o futuro imediato, quem irá liderar a revolução de gestão que estamos à precisar.
    O Brasil já não é respeitado por ninguém no futebol, veja o jejum de vitórias nos clássicos mundiais, é fato, o sinal está amarelo, temo pelo fiasco que 2014 poderá acontecer.
    Quando a SINERGIA de princípios e valores encontra-se desconectada, não há Santo que possa dar jeito, é o problema atual, esgotou-se o modelo, sinceramente….prefiro que o tapete da sala seja removido, a faxina feita, do que colocar cristais falsos para tomar champanhe com sabor de veneno.
    Não adianta tapar o sol com a peneira, o plin, plin, deveria pensar nisso…..
    Abração
    Carlos Nascimento.

  • carlos nascimento

    Caro Marco,
    Falemos um pouco de nostalgia, dos tempos alegres dos finais de semana futebolísticos, quando os clássicos traziam grande “frenesi”, acordar aos domingos para o café matinal já tinha discussões,dentro de um espírito altamente esportivo, eramos felizes e não sabíamos, hoje caro amigo, é triste, no RJ jogos do Fluminense, Vasco, Flamengo, Botafogo,com públicos ridículos, alguns gatos pingados, quando à época atrás, o Maraca lotava, assisti jogos memoráveis, com até 80 mil pagantes.
    É a crise de identidade da qual comento abaixo, essa coisa vai afunilando, estamos próximos da crise que vive o boxe americano, hoje em pleno declínio, começa assim, cresce o desinteresse, o público vai atrás de novas emoções, veio o MMA..tchau, by, by, hoje Mike Tyson é apenas um longínqua lembrança de ídolo.
    Comparando o futebol à música, é o mesmo que estar acostumado ouvir : Ivan Lins, Milton Nascimento,Djvan, Fagner, Flávio Venturini, de repente….mas que de repente, surge aquela avalanche de músicas atuais…cruz credo, os tímpanos entram em combustão, tente obrigar RS -fã de Sinatra – escutar essas baboseiras, não dá…..
    É isso o futebol brasileiro está perdendo a magia.
    abração
    Carlos Nascimento.

  • Bruno Sampaio

    Com todo o respeito por quem compartilha da “paixão nacional”, achei que ficou faltando na enquete a opção “não me interessa” que, por acaso, vem a ser a minha. Ando doido para que essa copa do superfaturamento acabe logo, para que os preços aqui no Rio voltem a patamares aceitáveis. Um abraço e feliz páscoa para você.

    Obrigado pelos votos, caro Bruno, que retribuo.
    E você tem razão quanto ao item da consulta que faltou. Vou levar em conta nas próximas enquetes.
    Ninguém é obrigado a se interessar por nada, não é mesmo?
    Um grande abraço

  • fpenin

    Felipão e Parreira são pura renovação. Para que eu acredite no milagre falta apenas chamar o Zagallo…

  • Márcia Maria

    Seu Setti,o principal comentarista esportivo do Blog, Carlos Nascimento, se esquivou bem, ou pipocou, não “disse” qual era sua seleção base. Será q é por medo do clássico de hj paulista… Vamos ver se ele vai se manifestar no pós jogo. Acho q ele não é comentarista de resultado. Vamos ver…

  • nicanor amaro da silva neto

    …Ô…

  • roberto ruscitto

    Estão superados. Não, eu não acredito.

  • Rada

    O que vcs acham da troca do técnico Mano por Felipao? O que saiu estava acertando e tiraram para colocar outro que estava em má fase vindo do palmeiras. Achei injusto.

  • manoel

    não acho que a saída de felipão seja a solução .devemos seguir o exemplo da alemanha manter a base do time.e dar tempo para a relização de um bom trabalho pois nosso time e muito jovem ,a exemplo o tecnico da alemanha que esta 11 anos com mesmo time.nosso grande defeito e acreditar m “super craques ” que iram aparecer nas copas e iram nos salvar como romarios ,ronaldos .ai fazemos um junta ,junta de jogadores brasileiros .ganhamos uma copinha das cofederaçoes e achamos que somos o suprasumo do futebol mundial.o futebol mundial coletivo e treinado não vive de um resultado mas de um logo trabalho .

  • Ivanilton Bezerra

    Não acho que a saída do felipão seja a solução,lamento ver comentaristas fazendo campanha contra o tércnico.Se elogiamos a alemanha em sua organização,nos contradizemos querendo a cabeça do técnico,haja vista q o tec. alemão esta a 11anos.