Zózimo: Suspense

Intrigante prognóstico feito pelo secretário de Governo de São Paulo, Roberto Rollemberg, um dos mais aplicados articuladores do governador Orestes Quércia, sobre o futuro eleitoral de seu chefe mesmo no caso de a convenção do PMDB escolher o doutor Ulysses Guimarães como candidato do partido à Presidência:

— O Quércia só vai ficar sossegado no dia 16 de maio.

Trata-se, como se sabe, do dia seguinte ao prazo final que a Constituição prevê para que os governadores deixem o cargo para poderem se candidatar à Presidência.

O que faz supor que, para o grupo mais chegado a Quércia, ainda vai rolar água debaixo da ponte de Ulysses mesmo depois da convenção.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − onze =