Zózimo: Ao Deus dará

Nos intervalos de suas confabulações sobre política mineira e de suas idas a São Paulo para visitar o ex-chefe Jânio Quadros, bem que o governador de Brasília, José Aparecido, poderia voltar algo de sua atenção para alguns monumentos da capital.

É o caso, por exemplo, da torre de TV, que, embora não sendo nenhuma Torre Eiffel, se constitui de todo modo num imponente marco no coração de Brasília.

A torre hoje é fonte de vexame diário junto às caravanas de turistas estrangeiros religiosamente despejados ali todos os dias, com seu elevador enguiçado, funcionários incompetentes, falta de higiene e um mini-pátio dos milagres povoado de vendedores e desocupados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =