Zózimo: Voltas que o mundo dá

Uma das grandes obras viárias que o governador paulista Orestes Quércia pretende tocar antes de deixar o cargo é a continuação da Rodovia dos Trabalhadores, uma moderna autopista que corre paralela à Via Dutra – ligação Rio-São Paulo – por 70 quilômetros e serve, entre outros pontos, o Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos.

A nova estrada deverá chegar até a divisa do Estado do Rio, 170 quilômetros além, e conterá uma ironia histórica.

Ela será a Rodovia Governador Carvalho Pinto – justamente o nome do prestigioso político que Quércia, então um desconhecido, esmagou nas urnas na disputa para o Senado em 1974, tendo quase 5 milhões de votos contra pouco mais de 1 milhão do ex-governador e então senador pela Arena.

 

(Nota publicada no Jornal do Brasil.)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 2 =